Como reverter preenchimentos faciais em até 48 horas?

Com a popularização das técnicas de harmonização facial, mais pessoas estão procurando profissionais para corrigir ou melhorar algum aspecto em seu rosto. Preenchimentos faciais , Botox, preenchimento labial com ácido hialurônico, são alguns dos procedimentos que prometem trazer harmonia e simetria ao rosto. Servem também para preencher rugas e linhas de expressão e amenizar marcas do tempo. Com procedimentos simples e rápidos e resultados duradouros, os preenchimentos tornaram-se os queridinhos da harmonização facial. Mesmo com a alta popularidade dos preenchimentos, nem sempre os resultados geram satisfação. E os profissionais de harmonização facial precisam usar técnicas para reverter preenchimentos indesejados.

Efeitos indesejados: como reverter preenchimentos

Imagine que você faz a avaliação de um paciente, mostra os benefícios que o preenchimento trará para sua pele, confirma as informações da anamnese, explica como será feito o preenchimento e os cuidados no pós-operatório.

O paciente mostra a foto de uma celebridade servindo de modelo para o que ele espera do preenchimento. Você explica que os resultados são individuais e levam em conta diversos fatores físicos e estéticos. Após isso, cria-se uma expectativa por parte do paciente com o resultado final.

Agora imagine que, após a conclusão do procedimento o paciente fique insatisfeito com o resultado. E mesmo recebendo orientações sobre os possíveis riscos de intercorrências diz que não gostou do resultado. E agora? É possível reverter preenchimentos?

Como reverter preenchimentos com ácido hialurônico. Disponível em Envato Elements

A resposta é sim! Você sabia que existe uma substância que pode reverter os efeitos dos preenchimentos faciais em até 48 horas? É a hialuronidase. Essa palavra difícil de ser pronunciada é uma enzima que vai facilitar a diluição de líquidos injetados no tecido conjuntivo. Sua ação promove a destruição do preenchimento imediatamente e o paciente se vê livre do procedimento indesejado. Apesar disso, ela só funciona para reverter os efeitos o preenchimento com ácido hialurônico.

Hialuronidase: como ela age para reverter preenchimentos?

A hialuronidase é uma enzima extraída de testículos bovinos e ovinos que age destruindo o ácido hialurônico. Ela quebra as moléculas do ácido de forma rápida, e o corpo absorve a substância de forma natural, expelindo-a mais tarde pelos rins. A hialuronidase permite reverter preenchimentos indesejados e assim, o paciente fica livre do procedimento em pouco tempo.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é hialuronidase.png

A hialuronidase cortando uma molécula de ácido hialurônico. Imagem de http://www.proteopedia.org/wiki/index.php/2pe4.

Qual o tempo de ação da  hialuronidase para reverter preenchimentos?

Seu efeito é imediato sob o preenchimento de ácido hialurônico. Seu tempo de meia-vida é de 1 a 2 minutos ( apesar do curto tempo de meia-vida ela tem efeito duradouro). Sua ação ocorre de 24 a 48 horas de acordo com as  Diretrizes de Complicações Estéticas jcad pelo Grupo Especialista em Complicações Estéticas (ACE).

De acordo com o Presidente da Academia Americana de Cirurgia Plástica Facial e Reconstrutiva (AAFPRS) Fred Fedok, há diversos fatores que influenciam na decisão de reverter o preenchimento de ácido hialurônico: excesso de produto, caroços no local do preenchimento, problemas vasculares, perda de visão entre outros.

Outras utilizações da hialuronidase:

Segundo a FDA (Food and Drug Administration), a hialuronidase pode ser utilizada em diversas áreas da saúde, e serve para:

  • Facilitar a absorção e dispersão de drogas injetadas, como no bloqueio anestésico retro bulbar em cirurgias oftalmológicas. Conforme apresentado neste estudo;
  • Também é utilizada de forma coadjuvante no exame de imagem  de urografia subcutânea, permitindo uma maior absorção do agente radiopaco;
  • Para hipodermóclise em idosos;
  • Nos períodos de 1940 a 1950 a hialuronidase era muito utilizada para desidratação, auxiliando a infusão de fluídos subcutâneos;
  • Na dermatologia, a hialuronidase é empregada em procedimentos como na anestesia do transplante capilar, ou para tratamento de doenças como: mixedema pré-tibial, esclerodermia, linfedema e queloides. Como mostra este estudo da Revista American Society for Dermatologic Surgery de 2010.

Em quais casos a hialuronidase é indicada?

De acordo com estudo publicado no periódico Surgical & Cosmetic Dermatology,  a hialuronidase é indicada em casos de intercorrências graves com preenchimento, como: efeito Tyndall, nódulos tardios, reação alérgica ao preenchimento, ou ainda quando o paciente não ficou contente com o resultado e deseja reverter preenchimentos.

Efeitos adversos precoces na utilização do ácido hialurônico

Mesmo sendo muito utilizado nos procedimentos de harmonização facial, o ácido hialurônico pode ocasionar efeitos adversos, conheça alguns deles:

  • Edema e eritema: são geralmente imediatos, em resposta a agressão tecidual. Com aplicação de gelo na região afetada pode regredir em 1 ou 2 dias;
  • Equimose e hematoma: pode ocorrer por perfuração de vasos sanguíneos de pequeno porte ou por compressão. Tende a melhorar de 5 a 10 dias;
  • Necrose: é um efeito mais raro, pode ocorrer por intensa inflamação no local ou injeção intra-arterial. Sem devidos cuidados a região vai estar ulcerada e necrosada de 2 a 3 dias;
  • Infecções: podem ocorrer em decorrência de produto contaminado ou técnica inadequada de assepsia. De origem bacteriana ou viral é uma condição mais rara, seu tratamento depende da origem infecciosa;
  • Nódulos: eles podem ocorrer em dias ou semanas e seu tratamento inclui massagem local ou a remoção do mesmo.

Agora que você já conhece as reações adversas precoces da aplicação de ácido hialurônico, veremos os efeitos adversos tardios do mesmo:

Efeitos adversos tardios na utilização do ácido hialurônico

  • Granulomas: ocorrem entre 6 meses a 24 meses da aplicação do preenchimento, por conta de problemas no produto. O profissional de harmonização facial tem capacidade técnica para escolher qual substância utilizará: hialuronidase, injeção intralesional de corticóide ou ainda a remoção cirúrgica, caso necessário;
  • Reações alérgicas: Podem ocorrer em curto (3 a 7 dias) ou longo prazo (1 a 6 meses). O tratamento varia, administrando-se corticoide via oral ou infiltração intralesional de corticóide;
  • Cicatriz hipertrófica: Pode ocorrer nos locais de punctura da pele.

Reações adversas da hialuronidase

Mesmo sendo utilizada para reverter preenchimentos faciais, a hialuronidase pode gerar reações adversas. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, 54% dos que utilizam hialuronidase não apresentam reações. Aqueles que apresentam reações adversas podem ter:

  • Edema leve mais eritema de ardência;
  • Eritema de ardência;
  • Eritema mais edema leve;
  • Somente eritema;
  • Sem reações 54%;

Locais de aplicação da hialuronidase:

Apesar das reações adversas da hialuronidase, a substância é segura e eficaz para reverter preenchimentos faciais. Pode ser utilizada em todos os preenchimentos com ácido hialurônico. O uso mais comum é na face. Segundo estudos publicados na revista Surgical & Cosmetic Dermatology, as áreas da face que mais sofrem aplicação de hialuronidase são:

  • Região Nasojugal;
  • Região Malar;
  • Sulco labiomentoniano;
  • Nasogeniano;
  • Lábio;
  • Áreas com cicatrizes de acne;
  • Região Periorbicular e
  • Região temporal.

A hialuronidase é indicada para reverter outros preenchimentos?

A hialuronidase é específica para reverter preenchimentos com ácido hialurônico. Ela não é efetiva em preenchimentos do tipo: Bellafill, Sculptra e Radiesse. Para Samuel Lin, renomado cirurgião plástico de Boston, a injeção de esteroides é o melhor método para remoção e destruição de outros preenchimentos. Caso contrário, o paciente terá que esperar que o preenchimento saia naturalmente. E isto pode levar meses ou até mesmo anos, dependendo do preenchimento.

Marcas mais utilizadas de hialuronidase

Agora veremos as marcas de hialuronidase mais comercializadas no mercado:

  • Amphadase®  de origem Bovina 150 UTR/ml;
  • Vitrase®  de origem Ovina 200 UTR/ml;
  • Hylenex® de origem Recombinante humana (pureza 100 vezes maior do que algumas das preparações bovinas) 150 UTR/ml;
  • Hylase Dessau® de origem Bovina 150, 300 ou 1500 UTR/frasco;
  • Desinfiltral® de origem Ovina 1500 UTR/ml;
  • Hyalozima® de origem Bovina, mais comercializada no Brasil 2000/frasco 400ml ou 20000 UTR/frasco 4000ml ;

E você, já trabalhou com algumas destas marcas? Qual você indica? Deixe nos comentários.

Qual o preço da hialuronidase?

Há diversas marcas de hialuronidase no mercado e seu preço pode variar bastante: entre R$340 a R$680 reais o frasco. O profissional de harmonização facial deve escolher a que melhor se adapta aos seus procedimentos.

Como vimos, a hialuronidase é uma substância importante para o profissional de harmonização facial, além de ser um item indispensável nos consultórios. E você sabe como armazenar o produto? Veremos a seguir:

Como armazenar a hialuronidase?

Considerando o preço da hialuronidase, é indispensável que você saiba armazenar seu produto adequadamente. E para te ajudar com isso, trouxemos as indicações da revista Revista Surgical & Cosmetic. Em seu artigo de 2015, a orientação é que deve-se armazenar a substância em temperaturas frias, entre 2º e 8ºC, para manter a qualidade do produto por um longo prazo. Em temperatura ambiente, o prazo de validade diminui para 12 meses.

Agora que você já sabe tudo sobre hialuronidase, pode ficar tranquilo para atender seus pacientes. Aproveite todos os benefícios dos preenchimentos faciais nos seus procedimentos de harmonização facial e torne-se referência em sua área.

Para saber mais acesse nosso blog e leia outros conteúdos sobre harmonização facial.

Até a próxima!

Nenhum comentário para mostrar.

Vanessa Moura
Autora

© SHOF - Todos os Direitos Reservados.

Contatos